Prefeitura Belford Roxo: Crianças de áreas de risco iniciam curso na Defesa Civil de Belford Roxo

Crianças de áreas de risco iniciam curso na Defesa Civil de Belford Roxo

Quarenta crianças com idade entre 7 e 12 anos, moradoras de áreas de risco, em Belford Roxo, terão atividades extras durante as férias escolares. Elas estão matriculadas no curso Defesinha, que teve início na manhã de hoje (15), na sede da Defesa Civil da cidade, no bairro Santa Amélia. Promovido pela Secretaria Municipal de Defesa Civil e Ordem Urbana, o curso terá duração de cinco dias. De acordo com informações do órgão, os bairros Recantus, Nova Aurora e São Bernardo são os mais vulneráveis a sinistros, devido a exposição geográfica.

Durante o período a garotada terá aulas com noções sobre o trabalho da Defesa Civil, prevenção de acidentes, educação ambiental e desastres naturais. Além disso, a turma vai visitar o quartel do Corpo de Bombeiros de Nova Iguaçu, o Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos e a Reserva Biológica de Tinguá, ambos em Nova Iguaçu. No final todos receberão certificado de conclusão.

O projeto que já existe há mais de uma década faz parte do Programa de Capacitação Comunitária de Populações Vulneráveis a Desastres no Município. “Estamos na sétima edição e já formamos 12 turmas com centenas de crianças. A minha satisfação é enorme e me sinto com o dever cumprido”, disse o diretor do Departamento de Divisão de Assistência Social e Ensino, Aroldo Cirino de Almeida, idealizador do projeto. Para desenvolvê-lo, ele conta com a participação de outros agentes de Defesa Civil como a Assistente Social Melissa Pires; o diretor da Divisão de Planejamento e Projetos, professor Roberto Ricardo; o diretor d Departamento de Defesa Civil, Cleber Moreira, além do Secretário titular, Robenilson Vasques, o Adjunto, Marcelo dos Santos e os secretários Executivos Sérgio Alves e Cristiano Lirio. “Quando cheguei o projeto já existia e nós apoiamos. É interessantíssimo”, afirmou Marcelo dos Santos.

Áreas de risco

Aroldo Cirino destacou que o curso é aberto para crianças que moram no município em áreas de risco, mapeadas pela Defesa Civil, e que estejam cursando o 4º ano do Ensino Fundamental. “Com o curso eles também vão aprender a identificar ameaças locais e possíveis consequências e passarão a ter consciência sobre prevenções de desastres, com conteúdo para discutir o assunto no ambiente escolar e fora dele”, explicou.

Para as aulas os alunos receberam uniforme e um kit com dois livros didáticos sobre Educação Ambiental e Educação no Trânsito e um outro sobre Comunidade Mais Segura, do Ministério das Minas e Energia e mais três cartilhas recreativas e educativas com os temas: InundaçõesDefesa Civil, sempre perto de você e coquetel de palavras.

Bruna França, mãe do menino Pietro, 8, assegurou que o curso surgiu no momento certo. ”Oportunidade  ótima para a criança que está de férias adquirir novos conhecimentos. Ele está muito empolgado”, garantiu. Sheila Granja foi levar o filho Samuel, 7, para participar da solenidade de abertura. “Meu filho está adorando e eu mais ainda. Além de aprender coisas novas ele vai passear e conhecer lugares diferentes”, disse. O advogado Diego Macedo, informou que a filha Sarah, 8, ficou sabendo do curso na igreja e imediatamente mostrou interesse em participar. “Ela está radiante”, resumiu.

  Durante a solenidade de apresentação, os alunos cantaram o hino nacional e municipal no pátio da Secretaria de Defesa Civil. Antes participaram de um lanche. O tenente Thiago Simões do Destacamento Militar do Corpo de Bombeiros de Belford Roxo e o tenente Santana, representante do comandante do 39º Batalhão da Polícia Militar, Coronel Wagner Nunes participaram do evento.

Prefeitura de Belford Roxo



Leia no Site Oficial da Prefeitura de Belford Roxo