Prefeitura Belford Roxo: Belford Roxo trabalha a inclusão social das Pessoas com Deficiência

Prefeitura Belford Roxo: Belford Roxo trabalha a inclusão social das Pessoas com Deficiência

Belford Roxo trabalha a inclusão social das Pessoas com Deficiência

Trabalhar e estimular políticas públicas e programas que contemplem a promoção, a proteção e a defesa dos direitos da pessoa com deficiência. Este é o objetivo do Mapa Inclusivo, lançado esta semana pela Secretaria da Pessoa com Deficiência de Belford Roxo (SEMPED), a primeira ativa do segmento na Baixada Fluminense. O evento, que reuniu várias autoridades, aconteceu no Ciep Municipalizado Constantino Reis, no bairro São Bernardo, e também apresentou a nova gestão da secretaria, que tem à frente o secretário Márcio Moto.

Durante o lançamento, a emoção tomou conta do público quando os alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Belford Roxo fizeram uma apresentação de dança.  A psicopedagoga Michele Joia e a professora da rede Rosângela Cabral proferiram uma palestra sobre o autismo e inclusão social. A secretária-executiva da pasta, Dora Costa, fez uma breve apresentação das atribuições da Secretaria da Pessoa com Deficiência.

A Secretaria teve todo um cuidado especial para atender as pessoas com deficiência. Um intérprete de libras traduziu o evento e um banheiro químico para deficientes foi montado no local. Uma exposição de bonecas Barbies com deficiências, feita pela artista plástica e educadora ambiental Antônia Portella encantou a todos.

O Mapa Inclusivo poderá ser encontrado nas redes sociais do município e também nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da cidade onde os interessados poderão preencher um formulário com 40 perguntas. Dados como renda, tipo de deficiência, grau de escolaridade, bairro, tipos de dificuldade de mobilidade, fazem parte do formulário, onde a secretaria irá detectar as necessidades das pessoas com deficiência e, desta forma, trabalhar e tomar as devidas providências para desenvolver uma política pública mais humanizada.

“A criação da Secretaria da Pessoa com Deficiência de Belford Roxo é um sonho. O prefeito Waguinho tem muita sensibilidade e sabe das dificuldades enfrentadas por estas pessoas. Vamos trabalhar para implementar e desenvolver políticas públicas para a inclusão de todos na sociedade. Todos são iguais e capazes de exercer as funções do dia a dia”, enfatizou o secretário municipal de Pessoa com Deficiência, Márcio Moto. O secretário-ajunto da pasta, Wagner Turques, informou ainda que uma das atribuições da secretaria é facilitar a inclusão e a acessibilidade das pessoas com deficiência, oferecendo uma cidade igual para todos.

O presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, José Antônio disse que a criação da secretaria é uma luta de muitos anos.  “Sempre lutamos pela garantia dos nossos direitos. Um dos nossos empecilhos é a falta de rampas na cidade. São necessários esforços do governo e da sociedade para ampliar e fazer uma verdadeira inclusão”, explicou.

O subsecretário da Pessoa com Deficiência da Prefeitura do Rio, Geraldo Nogueira, disse da importância da criação de uma secretaria deste porte para o município. “A inclusão se faz necessária em todas as esferas”, ressaltou. A assistente social da Apae de Belford Roxo, Vera Lúcia Moura, apresentou os trabalhos desenvolvidos pela entidade, como oficinas, atendimento terapêutico e intelectual, por exemplo.  A Apae de Belford Roxo funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Castro Vieira 137, Areia Branca.

Prefeitura de Belford Roxo



Leia no Site Oficial da Prefeitura de Belford Roxo