Prefeitura Belford Roxo: Belford Roxo inicia Setembro Amarelo

Belford Roxo inicia Setembro Amarelo

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas praticam o ato de tirar a própria vida no mundo, anualmente. No intuito de diminuir esse número, Belford Roxo realizou nesta segunda-feira (02-09) a abertura do Setembro Amarelo, na Policlínica Neuza Brizola. Realizado pela Secretaria Municipal de Saúde através da Secretaria Executiva de Promoção e Proteção à Saúde, do Departamento de Saúde Mental do Município e em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), o evento contou com uma tenda dentro da unidade de saúde com banner explicativo, palestra, agentes caracterizados distribuindo folhetos e uma sala de espera para quem desejasse um atendimento mais pessoal. 

Setembro Amarelo

 Setembro é considerado o mês mundial de prevenção ao suicídio. A campanha conhecida como “Setembro Amarelo” chegou ao Brasil no ano de 2015 através do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Apesar do assunto ser delicado, tais organizações entenderam a necessidade de abordar o tema, já que se trata de um grave problema de saúde pública e pode ser evitado.

A psicóloga Cristina Macedo, responsável técnica de prevenção à violência e cultura da paz do município, ressaltou a importância do evento. “É muito importante termos a oportunidade de realizarmos esse trabalho e falarmos  sobre esse tema. Um assunto que é muito difícil de ser falado, devido todo tabu que ainda existe em torno dele. Mas eu como psicóloga acho fundamental abordar, dentro de toda ética possível para que não se torne um incentivo ao suicídio e sim uma prevenção”, concluiu

Tereza Félix, 60 anos, estava somente aguardando um laudo médico para continuação de um tratamento de saúde que já realiza, quando foi surpreendida com um dos agentes. Em pouquíssimos minutos de conversa, ela se abriu e confessou estar precisando de um acompanhamento. “Eu perdi um filho faz um mês e está sendo muito difícil para mim. Só vim buscar um laudo e já saí daqui com um encaminhamento para um tratamento na Policlínica do Parque Amorim, que é mais perto da minha casa. Estou muito agradecida”, relatou, ao lado do secretário executivo de Promoção e Proteção à Saúde, Robson Sarmento.

O diretor do Departamento de Saúde Mental do município, Paulo Patrocínio, e o Secretário de Saúde, Flávio Vieira, relataram a importância desse assunto não ser esquecido nos outros meses. “O Setembro Amarelo é apenas um mês de alerta. Além de setembro temos mais 11 meses para cuidar e são esses meses que nos preocupam. Vamos trabalhar a popularização do tema neste mês e como Secretaria de Saúde iremos trazer mais profissionais qualificados capazes de atender nossa população em relação aos problemas emocionais dentro dos outros meses”, enfatizou o secretário. “O evento foi esclarecedor e com muitas informações”, arrematou a diretora da Policlínica Neuza Brizola, Simone de Souza, acrescentando que a unidade é referência em atendimento psicológico no município.

Durante todo mês será realizado o trabalho de prevenção e conscientização em todas as policlínicas que contam com atendimento psicológico e/ou psiquiátrico. As Policlínicas são do Parque Amorim, Wona, Parque São José, Santa Maria, Nova Aurora, Heliópolis, Tamoio e Clínica da Mulher. A diretora da Policlínica Neuza Brizola, Simone de Souza, ficou muito feliz por poder receber tal evento na unidade, pois o local é referência em psicologia no município.

Prefeitura de Belford Roxo



Leia no Site Oficial da Prefeitura de Belford Roxo