Prefeitura Belford Roxo: Belford Roxo debate qualidade da merenda escolar

Belford Roxo debate qualidade da merenda escolar

A Prefeitura de Belford Roxo, em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e o Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição Escolar (Cecane – Unirio) realizaram na Câmara de Vereadores o Encontro de Monitoramento e Assessoria Sobre a Execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar. A rede municipal tem 47 mil alunos divididos entre 83 unidades escolares e creches. O objetivo do evento foi mostrar às escolas municipais e estaduais como funciona o trâmite da entrega e preparo da merenda. 

A nutricionista da Secretaria de Educação de Belford Roxo, Roberta Xavier, explicou que o cardápio, que inclui, entre outros alimentos, carne vermelha, peixe, frango, ovo, frutas, verduras e legumes, é balanceado para suprir as necessidades de cada faixa etária. “Nas escolas são duas refeições. Nas creches, cinco. O cardápio é feito dentro dos padrões alimentares exigidos”, resumiu.

Em seu discurso, o secretário de Educação, Denis Macedo, frisou que de 2017 a 2019 o município avançou muito na questão da merenda escolar, pois foi feito um cardápio por nutricionistas visando balancear a alimentação. “Quando assumimos, em primeiro de janeiro de 2017, visitamos escolas e vimos que a alimentação básica era salsicha e miúdos de frango. Ouvi relatos que às quintas e sextas-feiras a merenda era só café com biscoito. Avançamos bastante e conseguimos banir a salsicha do cardápio. Hoje, este embutido só é utilizado nos cachorros-quentes quando há algum tipo de festividade nas escolas”, concluiu Denis, ao lado do secretário adjunto Rafael Araújo.

Nutricionista e agente do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Simone Souza fez um rápido balanço de como funciona o Programa. Ela destacou que a Constituição Federal de 1988 assegura o direito à alimentação escolar aos alunos do ensino fundamental. “De acordo com os dados de 2016/2017, o Pnae atendeu em todo Brasil 5.570 municípios, 184 mil escolaS e 43 milhões de alunos. O investimento foi de mais de R$ 4 bilhões”, concluiu. A contadora e também agente do Pnae, Inácia Neuma, fez uma palestra sobre a legislação específica, citando a Lei 8666/93, que rege as licitações.

Participaram do evento diretoras de escolas municipais, representantes do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, o vereador Matheus Ricardo e representantes da sociedade civil organizada.

Prefeitura de Belford Roxo



Leia no Site Oficial da Prefeitura de Belford Roxo