Prefeitura Belford Roxo: Belford Roxo combate a evasão escolar

Belford Roxo combate a evasão escolar

Com o intuito de monitorar crianças e adolescentes fora da escola, a Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Semasc) de Belford Roxo, realizou um curso de capacitação de seus técnicos para manusear a plataforma Busca Ativa Escolar Unicef. Além disso, durante o evento, a Secretaria promoveu uma reunião de alinhamento das ações para a execução dos serviços nos equipamentos de proteção social básica e especial para o ano de 2019.

A Busca Ativa Escolar é uma plataforma gratuita para ajudar os municípios a combater a exclusão escolar, desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o Instituto TIM. A iniciativa tem o objetivo de apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.  

O curso foi ministrado por Roberta Castro, da Associação Cidade Escola Aprendiz.  Segundo ela, por meio da Busca Ativa Escolar, municípios e estados terão dados concretos que possibilitarão planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para a inclusão escolar. “Vamos trabalhar com a intersetorialidade.  É importante que outras Secretarias como a de Educação e Saúde, por exemplo, realizem um trabalho e controle das crianças e adolescentes que estão fora da sala de aula. A parceria é importante para o sucesso do programa”, explicou.

A secretária de Assistência Social e Cidadania, Rosana Moura ressaltou a importância da realização de cursos de capacitação para os técnicos. “Desta forma, poderemos atender da melhor forma possível os nossos usuários”, enfatizou.  O secretário adjunto da pasta, Diogo Bastos, disse que o projeto visa fazer o acompanhamento das crianças e adolescentes que estão fora da escola. “A nossa intenção é trabalhar em conjunto e combater a evasão”, frisou, ao lado do secretário adjunto, Diogo Bastos.

Dados

A obrigatoriedade é manter crianças e adolescentes na escola entre 4 e 17 anos.  Em Belford Roxo, de acordo com o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2010, 9.757 crianças estão fora da escola, mas segundo Roberta Castro, da Associação Cidade Escola Aprendiz, que presta consultoria para o projeto, este número pode ter diminuído ao longo dos tempos por causa das políticas públicas adotadas no município. A Busca Ativa Escolar em Belford Roxo será desenvolvida em parceria pela Unicef, Secretarias de Assistência Social e Cidadania, de Educação, Saúde e Segurança Pública. Problemas sociais, de saúde, de família, podem provocar a evasão escolar.

Prefeitura de Belford Roxo



Leia no Site Oficial da Prefeitura de Belford Roxo