Prefeitura Belford Roxo: Belford Roxo adota balcão self service na merenda escolar

Belford Roxo adota balcão self service na merenda escolar

PF (Prato Feito) servido na merenda nas escolas da Prefeitura de Belford Roxo está saindo do cardápio. Quatro unidades e uma creche já adotaram o balcão self service, comum em restaurantes que vendem comida a quilo para expor refeições. A novidade agradou a garotada que agora pode escolher o que quer comer sem desperdício. Segundo informações do secretário-adjunto de Educação, Rafael Araújo, responsável pela merenda escolar na rede municipal, a intenção do governo é estender o serviço em todas as escolas. Cerca de três mil alunos são beneficiados com a inovação.

A Escola Municipal Belford Roxo, que atende 500 alunos, do 5º ao 9º ano, em dois turnos, foi a primeira a dar autonomia aos alunos na hora da merenda. A diretora Márcia Gaigher, educadora há 24 anos, formada em História e pós graduada em Gestão Integral, revelou ser autora da inovação. “Meu filho já tem 26 anos, mas sei muito bem que criança e adolescente são complicados para comer. Observei também que vários alunos deixavam muita comida no prato, provocando esbanjamento. Na maioria dos casos, isso acontecia porque a quantidade servida não era a ideal, era demais. Acho que o aluno deve ser sentir bem na escola, como se fosse um complemento de sua casa. E por que não comer o que tem vontade?”, questiona.

Márcia contou que a mudança agradou logo no primeiro dia. “Deu certo mesmo. Os alunos adoraram e o desperdício de comida acabou. Eles se servem e comem o que desejam. Uma merendeira fica sempre ao lado do balcão, orientando e estimulando para que não deixem de colocar legumes e proteínas no prato”, garante. A merenda oferecida na escola segue os padrões nutricionais recomentados pela Secretaria Municipal de Educação. Nas bandejas do balcão sempre tem feijão, arroz, carne, legumes. Mas a preferência é o macarrão com molho de frango, o estrogonofe e a farofa de cenoura. As frutas estão sempre na opções de sobremesa. A escola tem cinco merendeiras: Luciana Amaro, 40, Valéria da Silva, 50, Fabiane do Vale, 31, Roseli Marçal, 60 e Valdicéia Rosa, 47.  “Elas capricham no preparo mesmo”, ressalta o secretário-adjunto, Rafael Araújo. A escola serve cerca de 400 pratos por dia. 

Liberdade para comer

A aluna Ana Tayllane, 10, adorou a novidade. “Agora tenho liberdade para comer o que quero. Isso é muito legal”, disse a menina enquanto se servia, combinando macarrão com feijão e frango. Os amigos Gustavo da Silva Delfino Bernardo, 11 e Kauan Lucas Lopes Alencar, 10, são inseparáveis até na hora de almoçar. Eles que moram no mesmo condomínio, na escola não abrem mão de almoçar juntos. “Ah adoramos a mudança, pois podemos colocar no prato, o que a vontade manda e na quantidade certa”, afirma Gustavo. Eles não abrem mão do estrogonofe. “Aí a gente repete”, garante Kaun.

Bruno Gabriel Santos Conceição, 10, assegurou que está acostumado a comer em restaurante de self service. “Já comi em lugares assim. É muito melhor, a gente come com mais vontade. Quando é estrogonofe eu também repito, muito gostoso. Se fosse PF não seria tão bom. Cursando o 9º ano, Leandra Suzana Rogério, 14 anos, também disparou elogios. “O cardápio ficou mais variado, com várias opções pra gente escolher, na quantidade certa. Foi uma boa ideia, genial”. As escolas municipais: Sebastião Herculano de Matos, Irmã Filomena, São Bento e a creche Casa da Criança também adotaram o self service. Rafael Araújo salientou que o balcão chegará em todas as 79 escolas da rede municipal. Enquanto isso, onde o mobiliário ainda não é presente, a merenda vem sendo servida em vasilhas grandes e separadas por alimentos, para que o aluno também tenha a liberdade de escolher o que quer comer e na quantidade desejada.

Prefeitura de Belford Roxo



Leia no Site Oficial da Prefeitura de Belford Roxo